O que eu também não entendo

Não entendo muita coisa e acho que nem deveria mesmo. Que graça teria viver em um mundo em que nada mais surpreende? Sei do que gosto, mas principalmente do que não gosto. É muito mais fácil decidir onde não ir, o que não vestir, a pessoa que não agrada... Tão mais simples (e errado) é criticar os outros e não fazer melhor. Não sou a senhora perfeita, mas tenho consciência de grande parte dos meus defeitos. Nesta vida de jornalista, em que todos os dias preciso escrever dentro dos padrões, [CONTINUE LENDO...]