Posts

Por que inchamos no verão?

O calor típico do verão brasileiro é sinônimo de pés e mãos inchados, mas por que inchamos no verão? O incômodo é resultado de um processo natural do organismo no intuito de controlar a temperatura corporal entre 36ºC e 36,5ºC, a fim de manter o funcionamento padrão dos órgãos.

Segundo o cirurgião vascular do Hospital Edmundo Vasconcelos, Walter Campos, esse controle de temperatura ocorre por meio da vasodilatação das artérias, que tendem a concentrar o calor nas extremidades e por isso, os pés e mãos são os mais afetados com o inchaço.

>LEIA MAIS: Como cuidar dos cabelos no verão

“O fluxo sanguíneo dos membros aumenta, dilatando as veias e causando uma maior pressão capilar- sistema responsável pela troca de nutrientes do sangue. Essa pressão tende a liberar líquidos no tecido, ocasionando o inchaço”, acrescenta.

Apesar de não ser uma sensação agradável, o médico esclarece que não há nada com que se preocupar e todos estão sujeitos a esse tipo de edema periférico em dias quentes. A atenção deve ser focada somente quando o inchaço apresentar características atípicas, como uma diferença de retenção de líquido entre os membros associada a vermelhidão.

“É importante que, quando surgir alguma característica diferente da habitual em dias de temperaturas altas, a pessoa procure um médico para investigar a causa e iniciar o tratamento adequado”, explica.

Infelizmente não há maneiras de evitar esse inchaço natural. Segundo Campos, pode ser controlado com tratamento e uso de meias elásticas. E, diferentemente, do que muitos acreditam, a hidratação não ameniza o incômodo, é apenas essencial na reposição de líquidos perdidos pelo suor.

Dicas para preparar o suco verde

Uma das opções mais requisitadas do momento para voltar ao ritmo após sair da dieta é o suco verde. Além de refrescante, traz diversos benefícios para a saúde, já que possui vitaminas, minerais, antioxidante e fibras. No preparo, é recomendável variar os ingredientes, para que haja diversidade de nutrientes ingeridos.

“Evite fazer a mesma receita ao longo da semana. É interessante variar as frutas e trocar a água por água de coco, por exemplo, para que o corpo absorva mais nutrientes”, comenta a professora da Anhanguera de Bauru, Camila Queiroz. Outra dica importante é acrescentar fibras, como a da biomassa da banana verde, ou a farinha de linhaça, para deixar o suco ainda mais nutritivo e completo.

Diversas frutas podem ser utilizadas, como maçã, abacaxi, mamão, laranja, limão, morango, entre outras. Na utilização de folhas, as melhores opções são a couve, espinafre e hortelã. É interessante acrescentar uma raiz para bater o suco, como o gengibre, conhecido pelo fator termogênico e também pelas funções antibacterianas e anti-inflamatórias.

É indispensável salientar que o suco verde não deve ser utilizado para substituir refeições, mas como complementação. É importante ter em mente que nenhum alimento faz milagre e que toda refeição deve ser nutricionalmente balanceada.

Óculos ajuda a prevenir problemas

P8-oculosO uso de óculos de sol vai muito além de uma questão de estilo. As lentes escuras ajudam a proteger os olhos e a pele contra os raios UVA e UVB, causadores do câncer de pele e doenças dos olhos, como a degeneração macular, que torna a visão embaçada e com uma mancha escura no centro, catarata precoce e pterígeo, crescimento sobre a córnea de um tecido fibromuscular esbranquiçado que dificulta a visão.

“Em um ambiente muito iluminado, as pupilas se contraem como uma forma de proteção contra o excesso de luz e raios nocivos. O uso de lentes escuras faz com que as pupilas se dilatem para que os olhos recebam mais luz e possam enxergar melhor, o que os deixa mais expostos à radiação solar. Por isso, o uso do acessório é fundamental, mesmo nos dias mais frios ou nublados”, explica o oftalmologista da rede de hospitais São Camilo de São Paulo, Jae Min Lee.

Para obter todos os benefícios da proteção, é preciso utilizar óculos de sol de qualidade. “Os produtos sem certificação não filtram os raios UVA e UVB. Como as lentes não têm prazo de validade, vale a pena investir em um bom acessório. Opte por lentes maiores e que fiquem mais próximas aos olhos e sempre questione sobre a presença dos filtros aos raios solares”, orienta o especialista.

O que é a celulite?

celulite

Durante o verão, as mulheres se preocupam ainda mais com as celulites, agora à mostra. A dermatologista Annia Cordeiro Loureço explica que o problema atinge cerca de 80% das mulheres e tem várias causas. “O sedentarismo, maus hábitos alimentares, má circulação, alterações hormonais e até mesmo a genética são alguns dos fatores que desencadeiam a celulite”, comenta.

A celulite é uma alteração no tecido celular subcutâneo, a gordura localizada abaixo da pele. Lá se encontram os septos fibrosos, uma espécie de divisão ou trava que liga a pele aos tecidos mais profundos. Para manter a ligação, esses septos “puxam” a pele para dentro de uma forma imperceptível. Quando há retenção de líquido ou aumento da gordura, essa área aumenta de volume e as alterações ficam mais visíveis, mostrando os furinhos ou depressões na pele, característicos da celulite. Para prevenir, é importante conhecer mais sobre o problema. Confira algumas dúvidas comuns sobre o tema:

É possível acabar com a celulite? Por se tratar de um problema causado por alterações hormonais, maus hábitos alimentares e flacidez, o quadro de celulite pode ser amenizado com uma dieta saudável, prática de exercícios físicos e tratamentos estéticos.

A celulite está ligada ao fator genético? Sim. Em algumas pacientes a predisposição genética leva ao aparecimento das irregularidades na pele. Por isso, é importante que essas pessoas adotem hábitos saudáveis para minimizar o problema desde cedo.

Roupas apertadas são um agravante? Sim. A pressão provocada pelo uso de roupas apertadas diminui a circulação de sangue na área, prejudicando o metabolismo. Com isso, há um acúmulo de líquido na região.

Alguns alimentos pioram a celulite? Sim. Uma alimentação rica em açúcar, doces, farinhas e frituras contribui para o processo inflamatório do tecido, piorando o quadro. O consumo excessivo de sal e a baixa ingestão de água elevam a retenção hídrica trazendo as ondulações na pele.

Refrigerante dá celulite? O problema do refrigerante não está no gás, mas no açúcar. Mesmo as versões sem açúcar contêm adoçantes nocivos, muitas vezes a base de sódio, agravando a retenção líquida.

As pílulas e cremes anticelulite funcionam? Sim, mas não fazem milagres sozinhos. Alguns ativos encontrados nos cremes têm o poder de hidratar a pele, o que suaviza o aspecto da celulite, além disso, estimulam a circulação. Já as pílulas, na forma de fitoterápicos, antioxidantes e fitoquímicos, previnem e tratam o problema.

Como os tratamentos estéticos combatem os furinhos? No consultório é possível realizar diversos tratamentos que estimulam o metabolismo, reduzem a gordura localizada e também tratam a flacidez, o que contribui para a diminuição da celulite.

Sem energia? O que fazer pra aguentar o pique do dia a dia

Cansado, sem energia até mesmo para fazer só o “básico”, você também está assim? Parece até uma epidemia, mas não é. Nesta hora, se encher de café, refrigerante, estimulantes ou energéticos, o que pode parecer uma boa solução, funciona temporariamente porém depois, o efeito é contrário. Dr Fábio Cardoso, especialista em medicina preventiva e longevidade, nos dá algumas dicas. Confira!

recupere-pique-60-segundos (1)

1- Alcalinize tua vida! – Chega de acidez. Sim, alimentos alcalinos, como frutas, vegetais, sementes e castanhas são mais naturais e aceitáveis ao teu corpo que alimentos não-alcalinos, como alimentos processados, carne vermelha e leite e derivados (estes promovem aumento da acidez corporal, que os teus rins terão um baita trabalho para excretar). Este processo “rouba” energia literalmente. Já alimentos alcalinos fazem o contrário. Foque nisto!

2- Consuma Brotos – O começo de tudo, a energia para crescer e lotado de vitaminas e minerais (muito mais concentrados que quando são “adultos”) é um prato cheio de energia, que é facilmente digerível, auxiliando o teu corpo no processo de acessar nutrientes e convertê-los em energia. Qualquer grão, semente ou legume pode ser consumido em forma de broto. Então o que está esperando? Alfafa, feijão, lentilha, brócolis. Isto só para falar de alguns.

3- Quer “mental power”? Então como gordura! Algo que falamos muito pouco é que a gordura é estrutural no nosso corpo: toda célula é feita em parte de gordura. Todas as membranas celulares são constituídas por gorduras- e toda a comunicação celular acontece através destas membranas. Sem a integridade delas, adeus bom funcionamento celular. Não acredita? Adivinha qual a parte do teu corpo mais “gordurosa”? o cérebro! Ele é 70% gordura. Óbvio que não estou mandando você se entupir de alimentos processados, ricos em gordura de péssima qualidade. O que você precisa são fontes de gorduras adequadas para manter você “ligado” e mentalmente energizado, protegendo tua função cerebral até de toxinas. E quais fontes: gorduras saturadas como óleo de coco, um pouco de manteiga, monoinsaturadas como azeite de oliva extra-virgem, abacate, e poliinsaturadas como as fontes de ômega 3 dos ácidos graxos provenientes de peixes como sardinhas, salmão (os selvagens são melhores) atum, entre outros. Gordura boa faz bem, é necessária, não se pode evitar. É só escolher as certas.

4- Coma alimentos crús com maior frequência, pois teu intestino agradece. E se ele trabalha bem, você vira outra pessoa, muito mais disposta, com mais energia e melhor humorado. Por quê? Quando cozinhados, vegetais, frutas e sementes perdem parte das suas enzimas, que nos auxiliam no nosso processo de digestão. A digestão é um processo que gasta muita energia, e sem as enzimas adequadas o processo digestivo fica lento, desconfortável, e “gastador”, além de sugar tua energia, claro. Uma salada, metade do teu prato e pronto!

5- Hidrate-se- Desde que acorda, e como estamos falando de te acelerar com alimentos, vamos pegar uma dica da Medicina Ayurvédica: beba toda manhã, em jejum, um copo de água com o suco de 1 limão. E se quiser, repita 30 minutos antes de cada refeição do dia. Esta combinação ajuda a acordar teu corpo, teu sistema de filtragem renal, e sua digestão, pois estimula a produção enzimática necessária para os processos digestivos. Eita azedinho bom!

6- Quer energia? Então se mantenha em movimento, gaste! Fomos feitos para estar em movimento seja ele físico ou mental. Ficar parado fisicamente influencia sim a parte mental. Levante, dê um pulo, se estique, respire fundo, dance. Enfim, coloque-se em movimento. Tua cabeça irá te seguir.