Tag: dicas

Posso passar álcool gel no rosto?

O álcool gel passou a fazer parte da nossa rotina, não é mesmo? Eu tenho um na bolsa, outro no carro, outro no trabalho. Mas será que posso passar álcool gel no rosto? Como vocês sabem, usamos álcool gel para limpar as mãos quando não podemos lavar com água e sabão. E dá pra passar no rosto?

Conforme a presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia – Secção RS, Taciana Dal Forno Dini, a resposta é não. “O uso no rosto não é apropriado porque o álcool gel provoca um ressecamento e pode causar descamações na pele. Além disso, há risco de entrar nos olhos provocando irritação, alergia ou até uma lesão”, explica.

Fiquem ligados porque passar álcool gel no rosto pode causar alergia! Isso provocaria lesões, fazendo com que a pessoa leve mais as mãos ao rosto para coçar ou para retirar as casquinhas. Fica a dica! Sempre que possível, lave o rosto com água e sabão. Cuidem-se!

Como proteger o celular durante as festas de fim de ano

As comemorações de fim de ano são uma ótima oportunidade para reunir familiares e amigos. No entanto, as festas também podem trazer algumas dores de cabeça, já que nessa época do ano o número de roubos e furtos de smartphones aumenta expressivamente. Confira dicas para se proteger:

• Leve somente o essencial para festas;
• Mantenha seus bens mais valiosos próximos ao corpo;
• Não coloque o celular no bolso traseiro
• Ande sempre acompanhado. Se possível, em grupo;
• Fique sempre atento nas grandes aglomerações de pessoas;
• Em caso de roubo ou furto do celular, o primeiro passo é bloquear o aparelho.

Dicas: TIM e a Generali Seguros

Dicas de sutiã para mulheres que têm silicone

Após a colocação do implante mamário, muitas mulheres que têm silicone ficam na dúvida sobre o tipo de sutiã que devem usar. Seja logo após o procedimento de mamoplastia ou lifting de mama bem como nos meses seguintes a operação. Então, nesse post, você vai descobrir as melhores dicas e recomendações que vão facilitar a sua rotina e sustentação. Vamos lá?

Segundo números recentes, a cirurgia plástica é uma das cirurgias mais praticadas pelas brasileiras, podendo ser apenas questão estética ou uma reconstrução, como em casos de retirada dos seios.  Como resultado, muito se questiona sobre os sutiãs que podem ou não ser usados após um processo de implante mamário.  Ao mesmo tempo, existe sempre aquela recomendação médica de sutiã a ser usado durante o tempo de recuperação.  Seguindo essa linha, existem algumas dicas acerca do assunto que você precisa conhecer. 

– Questão de sustentação 

Mesmo que você adore usar sutiã e acredite que se trata de uma questão visualmente estética, vai descobrir que isso funciona diferente após uma mamoplastia. Acontece que depois de colocar silicone, considerando o aumento das mamas, o principal objetivo do sutiã é a sustentação. 

Pense, por exemplo, que se trata de um corpo estranho que ainda está se adaptando a você do mesmo modo que você também precisa se acostumar.  Dessa forma, a dica é tirar um pouco da mente a ideia do que é apenas bonito e focar nos sutiãs que realmente fornecem a ajuda que você precisa.  Essa dica vale, principalmente, nos primeiros meses após a cirurgia ou em casos de implante mamário maiores que o recomendado pelo médico. Aliás, tenha cuidado na hora de escolher o tamanho. 

– Sutiãs com aros 

Os sutiãs com aros se dividem entre duas opiniões femininas: as mulheres que adoram e não vivem sem e aquelas que tiram o aro de todos os sutiãs que compram. Em primeiro lugar, ao fazer uma mamoplastia de aumento, você vai passar algum tempo utilizando sutiãs mais firmes, que ajudam na recuperação, evitando outros.  Em segundo lugar, quem tem silicone pode sim utilizar sutiãs que tenham aro, caso seja isso que você queira.  Em terceiro e último lugar, a dica é: tenha cuidado com a sua escolha.  

Durante alguns anos, muitas mulheres e até médicos acreditavam que os sutiãs com aros representavam um problema para aquelas que tinham um implante mamário.  Seja por pressionar a cicatriz ou mesmo por machucar a região abaixo dos seios.  Entretanto, ainda que nada disso seja verdade, é preciso ter atenção quanto a qualidade do item que você usa. 

Em outras palavras, é essencial que o aro esteja muito bem revestido com tecido/material que impeça machucados bem como é preciso garantir uma boa costura.  Portanto, você pode escolher aquele sutiã com aro ou usar aquele que está na gaveta, sempre ficando de olho que o aro está preso como deveria. 

– Sutiãs com bojo 

Segundo especialistas, milhares de mulheres que investem em uma mamoplastia de aumento deixam de lado os sutiãs de bojo para curtir roupas mais leves ou sutiãs sem esse tipo de revestimento. Ainda assim, isso não é uma regra. Dessa maneira, os sutiãs com bojo podem continuar fazendo parte da sua rotina normalmente.  

Mas atenção: durante os três primeiros meses após a cirurgia, é estritamente proibido o uso, já que os seios ainda estão em recuperação. Praticamente todos os sutiãs com bojo são feitos a partir de uma espuma, que pode ser mais maleável ou não, ter muitas costuras ou poucas e assim por diante.

 

Para mulheres que fizeram implante mamário, a dica é apostar em sutiãs com bojo feitos com espuma que sejam mais maleáveis, aquelas que parecem se deslocar. Isso permite que o material se adapte aos novos seios, evitando a pressão, mantendo o formato das mamas e impedindo a possibilidade do silicone se deslocar. 

Além disso, uma dica extra é evitar bojos com camadas extras de estuma ou o famoso estilo tubarão, que pode dar um aspecto artificial aos seios.  O ideal é optar por bojos mais finos e simples, que oferecem a sustentação e visual que você precisa, deixando os seios mais firmes e bonitos. 

 

– Sutiã de recuperação ou pós-operatório 

Independentemente de ter feito uma mamoplastia ou um lifting de mama, a recomendação é sempre seguir com a dica do médico sobre a lingerie a ser usada no pós-operatório. Durante os três primeiros meses, em média, a dica é utilizar sutiãs sem aro, com tecidos que permitam a respiração da pele e sem costuras, evitando marcas e pressão sobre o silicone ou cicatrizes. 

Pense, por exemplo, que ao fazer um lifting de mama, o seu corpo terá de se adaptar a falta de um pedaço de pele, o que vai garantir aquele aspecto mais jovial e firme para as mamas. Entretanto, utilizar o sutiã errado pode contribuir para um pós-operatório mais dolorido e longo. 

Geralmente, os sutiãs recomendados são em formas de tops, segurando boa parte do dorso e contribuindo, inclusive, para que você consiga dormir bem e sentir menos incômodo. Na maior parte das vezes, o próprio consultório oferece dicas de modelo ou podem até conhecer locais seguros para se comprar o item. Então, pergunte ao seu médico. 

 

– Renovando o guarda-roupa 

 

Para finalizar, a última dica de sutiã para mulheres que fizeram um lifting de mama ou mesmo um implante mamário se refere ao que vem depois da recuperação. Ou seja, pode esquecer os sutiãs que estão no fundo da gaveta, eles já não servem mais como deveriam.  Afinal, os números do seu busto mudaram e o seu guarda-roupa precisa seguir essa mudança, nada de utilizar itens que amassam ou deixam marcas nos seios. Atualmente, é possível encontrar milhares de possibilidades com sustentação, alças mais firmes, tecidos mais leves e confortáveis, sem costura ou mesmo que se adaptam mais facilmente a diferença de numeração nas costas. 

 

Conclusão 

As dicas de sutiã após uma mamoplastia de aumento ou mesmo lifting de mama incluem respeitar a recuperação e o no novo formato do seu corpo.  Na dúvida, sempre converse com o seu médico, com outas mulheres e até com vendedoras que podem te ajudar a obter o melhor suporte para os novos seios. 

Ativos verdes para deixar a pele impecável

Você sabia que alguns dos ingredientes poderosos usados nas fórmulas dos cosméticos vêm da natureza, em forma de frutas, óleos e ervas que ajudam a nutrir a pele de dentro para fora? Os ativos verdes são ricos em vitaminas, minerais e fibras, que mantêm a hidratação natural em dia e ainda combatem os radicais livres, vilões das rugas, manchas, flacidez e linhas de expressão.

A dica, então, é apostar cada vez mais em cremes e loções que contenham ativos naturais na composição e torná-los parte importante da rotina de skincare, da lavagem à hidratação da pele. Confira abaixo alguns exemplos e os benefícios de cada um para a beleza:

Óleo de coco – Versátil, o óleo de coco tem propriedades antifúngicas, antibacterianas e ainda combate os radicais livres, prevenindo o envelhecimento precoce. E engana-se quem pensa que ele pesa demais na pele, viu? O ingrediente consegue hidratar sem obstruir os poros, controlando a oleosidade e a acne. Também dá para contar com o óleo de coco em caso de queimaduras de sol, já que ele hidrata e acalma a região afetada.

 

Mel – O adoçante mais saudável do pedaço também ajuda a revitalizar e nutrir a pele. Rico em minerais, vitaminas e enzimas naturais, o ingrediente consegue limpar os poros sem diminuir a elasticidade natural da pele, além de combater a acne. E não para por aí: o mel possui antioxidantes que combatem o envelhecimento precoce, manchas, rugas e irritações. É o segredo para conquistar uma pele iluminada. Se quiser, ainda dá para transformá-lo em um esfoliante natural com um pouco de açúcar.

 

Dica de produto:

Loção Corporal Deo-Hidratante Johnson’s – Nutrição Mel e Linhaça
Embalagem: 400 ml
Preço sugerido: R$ 18,90

Loção Deo-Hidratante Johnson’s Nutrição Mel e Linhaça com mel e extrato de linhaça que proporciona uma nutrição suave para cuidar da pele mais delicada. Rico em vitamina antioxidante.

 

Aveia – Sabemos que o cereal é um forte aliado da saúde do coração. Na pele, a aveia também faz maravilhas, graças a uma combinação de proteínas, fibras e vitaminas que hidratam profundamente. O ingrediente é rico em substâncias como ácidos avênicos A e B, ácido salicílico, vitaminas B1 e B2, aminoácidos e lipídeos. Tudo isso ajuda a reter as moléculas de água na superfície da pele, ideal para as mais ressecadas. A aveia também melhora a vida de quem sofre com irritações e alergias, acalmando a pele.

AVEENO® tem uma linha completa de hidratantes à base de aveia e com a tecnologia Active Naturals que preserva os cinco elementos vitais para uma pele saudável: lipídio (hidrata e previne ressecamento), antioxidante (protege dos danos causados pelo ambiente), proteína (mantém a pele saudável), vitamina (a aveia coloidal é rica em vitaminas E, B6, B3 e B1) e enzima, importante para a renovação da pele.

Dica de produto:

AVEENO® Skin Relief Loção Hidratante Camomila
Embalagem: 354 ml
Preço sugerido: R$ 34,90

 

Açaí – Além de ser delicioso, o açaí pode ser um grande amigo da pele e de cabelos ressecados por ser rico em ômega 6, substância que ajuda a evitar esse problema. Ele também é mundialmente conhecido por sua ação antienvelhecimento, com vitaminas como A, D, E, B1, B2, K e C, além de minerais como cálcio, magnésio e ferro. Juntos, os nutrientes melhoram a saúde dos vasos sanguíneos e combatem os radicais livres, responsáveis pela flacidez e pelo envelhecimento da pele.

Azeite – O óleo vegetal é aproveitado como hidratante há séculos, embora isso não seja tão comum aqui no Brasil. O azeite é rico em vitamina E, substância que age na desintoxicação e hidratação das células, deixando a pele mais iluminada e saudável. O óleo ainda conta com ácidos graxos que ajudam a proteger a pele das agressões do sol e do vento, prevenindo rugas e ressecamento.

Romã – Se você sonha com uma pele brilhante e rejuvenescida, é hora de incluir a romã na rotina de beleza. Isso porque a fruta, que é bastante consumida no Brasil nas comemorações de Ano Novo, é rica em antioxidantes naturais, como as vitaminas A e C, que previnem flacidez, rugas e linhas de expressão. Além disso, dá para aproveitar o óleo da romã como um poderoso hidratante, já que ele melhora a maciez e a elasticidade natural da pele. É uma fruta que faz bem de dentro para fora, para a beleza e também para a saúde do organismo.

Mirtilo – Essa pequena fruta de cor arroxeada também é conhecida como “fruta da longevidade”, só para você ter uma ideia dos seus benefícios. Isso porque o mirtilo é rico em flavonoides e vitaminas do complexo B, A e C, combinação que inibe a ação dos radicais livres e protege a pele – e também o organismo – do envelhecimento precoce. Outra vantagem está nas propriedades anti-inflamatórias da fruta, que ajudam a diminuir o excesso de oleosidade, espinhas e cravos.