Posts

Dicas de sutiã para mulheres que têm silicone

Após a colocação do implante mamário, muitas mulheres que têm silicone ficam na dúvida sobre o tipo de sutiã que devem usar. Seja logo após o procedimento de mamoplastia ou lifting de mama bem como nos meses seguintes a operação. Então, nesse post, você vai descobrir as melhores dicas e recomendações que vão facilitar a sua rotina e sustentação. Vamos lá?

Segundo números recentes, a cirurgia plástica é uma das cirurgias mais praticadas pelas brasileiras, podendo ser apenas questão estética ou uma reconstrução, como em casos de retirada dos seios.  Como resultado, muito se questiona sobre os sutiãs que podem ou não ser usados após um processo de implante mamário.  Ao mesmo tempo, existe sempre aquela recomendação médica de sutiã a ser usado durante o tempo de recuperação.  Seguindo essa linha, existem algumas dicas acerca do assunto que você precisa conhecer. 

– Questão de sustentação 

Mesmo que você adore usar sutiã e acredite que se trata de uma questão visualmente estética, vai descobrir que isso funciona diferente após uma mamoplastia. Acontece que depois de colocar silicone, considerando o aumento das mamas, o principal objetivo do sutiã é a sustentação. 

Pense, por exemplo, que se trata de um corpo estranho que ainda está se adaptando a você do mesmo modo que você também precisa se acostumar.  Dessa forma, a dica é tirar um pouco da mente a ideia do que é apenas bonito e focar nos sutiãs que realmente fornecem a ajuda que você precisa.  Essa dica vale, principalmente, nos primeiros meses após a cirurgia ou em casos de implante mamário maiores que o recomendado pelo médico. Aliás, tenha cuidado na hora de escolher o tamanho. 

– Sutiãs com aros 

Os sutiãs com aros se dividem entre duas opiniões femininas: as mulheres que adoram e não vivem sem e aquelas que tiram o aro de todos os sutiãs que compram. Em primeiro lugar, ao fazer uma mamoplastia de aumento, você vai passar algum tempo utilizando sutiãs mais firmes, que ajudam na recuperação, evitando outros.  Em segundo lugar, quem tem silicone pode sim utilizar sutiãs que tenham aro, caso seja isso que você queira.  Em terceiro e último lugar, a dica é: tenha cuidado com a sua escolha.  

Durante alguns anos, muitas mulheres e até médicos acreditavam que os sutiãs com aros representavam um problema para aquelas que tinham um implante mamário.  Seja por pressionar a cicatriz ou mesmo por machucar a região abaixo dos seios.  Entretanto, ainda que nada disso seja verdade, é preciso ter atenção quanto a qualidade do item que você usa. 

Em outras palavras, é essencial que o aro esteja muito bem revestido com tecido/material que impeça machucados bem como é preciso garantir uma boa costura.  Portanto, você pode escolher aquele sutiã com aro ou usar aquele que está na gaveta, sempre ficando de olho que o aro está preso como deveria. 

– Sutiãs com bojo 

Segundo especialistas, milhares de mulheres que investem em uma mamoplastia de aumento deixam de lado os sutiãs de bojo para curtir roupas mais leves ou sutiãs sem esse tipo de revestimento. Ainda assim, isso não é uma regra. Dessa maneira, os sutiãs com bojo podem continuar fazendo parte da sua rotina normalmente.  

Mas atenção: durante os três primeiros meses após a cirurgia, é estritamente proibido o uso, já que os seios ainda estão em recuperação. Praticamente todos os sutiãs com bojo são feitos a partir de uma espuma, que pode ser mais maleável ou não, ter muitas costuras ou poucas e assim por diante.

 

Para mulheres que fizeram implante mamário, a dica é apostar em sutiãs com bojo feitos com espuma que sejam mais maleáveis, aquelas que parecem se deslocar. Isso permite que o material se adapte aos novos seios, evitando a pressão, mantendo o formato das mamas e impedindo a possibilidade do silicone se deslocar. 

Além disso, uma dica extra é evitar bojos com camadas extras de estuma ou o famoso estilo tubarão, que pode dar um aspecto artificial aos seios.  O ideal é optar por bojos mais finos e simples, que oferecem a sustentação e visual que você precisa, deixando os seios mais firmes e bonitos. 

 

– Sutiã de recuperação ou pós-operatório 

Independentemente de ter feito uma mamoplastia ou um lifting de mama, a recomendação é sempre seguir com a dica do médico sobre a lingerie a ser usada no pós-operatório. Durante os três primeiros meses, em média, a dica é utilizar sutiãs sem aro, com tecidos que permitam a respiração da pele e sem costuras, evitando marcas e pressão sobre o silicone ou cicatrizes. 

Pense, por exemplo, que ao fazer um lifting de mama, o seu corpo terá de se adaptar a falta de um pedaço de pele, o que vai garantir aquele aspecto mais jovial e firme para as mamas. Entretanto, utilizar o sutiã errado pode contribuir para um pós-operatório mais dolorido e longo. 

Geralmente, os sutiãs recomendados são em formas de tops, segurando boa parte do dorso e contribuindo, inclusive, para que você consiga dormir bem e sentir menos incômodo. Na maior parte das vezes, o próprio consultório oferece dicas de modelo ou podem até conhecer locais seguros para se comprar o item. Então, pergunte ao seu médico. 

 

– Renovando o guarda-roupa 

 

Para finalizar, a última dica de sutiã para mulheres que fizeram um lifting de mama ou mesmo um implante mamário se refere ao que vem depois da recuperação. Ou seja, pode esquecer os sutiãs que estão no fundo da gaveta, eles já não servem mais como deveriam.  Afinal, os números do seu busto mudaram e o seu guarda-roupa precisa seguir essa mudança, nada de utilizar itens que amassam ou deixam marcas nos seios. Atualmente, é possível encontrar milhares de possibilidades com sustentação, alças mais firmes, tecidos mais leves e confortáveis, sem costura ou mesmo que se adaptam mais facilmente a diferença de numeração nas costas. 

 

Conclusão 

As dicas de sutiã após uma mamoplastia de aumento ou mesmo lifting de mama incluem respeitar a recuperação e o no novo formato do seu corpo.  Na dúvida, sempre converse com o seu médico, com outas mulheres e até com vendedoras que podem te ajudar a obter o melhor suporte para os novos seios.