Perfumado, mas sem exageros

P8-perfume

As diferenças culturais das regiões brasileiras também podem ser notadas em seus hábitos de consumo. O mercado de perfumaria, por exemplo, não para de crescer e o Brasil é o líder desse segmento. No entanto, dentro do país o gosto e a forma de uso variam de Norte a Sul. Enquanto nas regiões mais quentes usa-se o perfume em abundância, os sulistas são mais discretos quanto ao cheiro e existe a preocupação em não invadir o espaço do outro.

No Sul, o importante é estar limpo, não necessariamente perfumado. Aqui o perfume está mais associado a momentos especiais. Apesar dessas diferenças de hábito, a escolha de um perfume é muito pessoal. Segundo a perfumista da Natura, Veronica Kato, as pessoas escolhem o que vão usar de acordo com seu gosto e não com sua personalidade.

Ela lembra também que é preciso estar atento ao fato de que uma mesma fragrância pode apresentar características distintas, dependendo da pessoa. ”Cada indivíduo possui seu próprio cheiro, que vem tanto do tipo de pele – oleosa, seca ou normal – quanto do tipo de alimentação, é justamente esta característica que torna uma fragrância única”, explica a perfumista.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *