Cota para compras no Exterior cai para 150 dólares

la_riviera_duty_free_el_dorado_airport_nov12_3

Se você é daquelas que adora um freeshop, tipo os de Rivera ou Chuy, vai ficar de cara com essa notícia. A partir desta segunda-feira, 21 de julho, quem fizer compras fora do Brasil terá que reduzir os gastos se quiser se manter dentro da cota de isenção. O valor que era de 300 dólares por pessoa caiu para 150. Quem exceder o limite, terá que pagar 50% de imposto.

A medida, já oficializada no Diário da União, irá afetar especialmente os usuários de freeshops em cidades que fazem fronteira com o Rio Grande do Sul, como Rivera, Chuy, Rio Branco e Passo de los Libres.

Para quem viaja e volta de avião para o Brasil a cota de isenção continua sendo de 500 dólares. A portaria que entrou em vigor nesta segunda também prevê a isenção de 300 dólares para compras em freeshops que serão abertos no lado brasileiro, mas ainda não há previsão de data para início de funcionamento das lojas.

1 responder
  1. Jamile
    Jamile says:

    A isenção dos US$300 é somente para quem estiver retornando de viagem internacional terrestre. Essa coisa de simplesmente se largar daqui para ir comprar lá não será aceita. Além disso, os free shops das cidades irmãs terão cobrança de impostos nos produtos estrangeiros vendidos e isenção nos nacionais vendidos. Ou seja, estão cada vez mais fechando as fronteiras;

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *